Republicanos querem manter Paul Ryan à frente da Câmara dos Representantes

Ryan ocupa o cargo desde a saída de Joe Boehner em outubro de 2015

• Foto: EPA
Os republicanos eleitos da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos decidiram esta terça-feira, sem surpresas, manter Paul Ryan na liderança da câmara baixa do Congresso norte-americano, depois da vitória do Partido Republicano nas eleições de 8 de novembro.

Sem a oposição dos ultra-conservadores do movimento Tea Party, a ala mais conservadora do partido, Paul Ryan, de 46 anos, foi eleito por unanimidade pelos seus correligionários numa votação que decorreu à porta fechada no Capitólio, sede do Congresso norte-americano em Washington, para ser o candidato oficial do partido para o cargo de presidente da Câmara dos Representantes, segundo fonte oficial republicana.

"É uma tremenda honra ser nomeado pelos meus colegas para servir como presidente da Câmara dos Representantes. Agora é hora de atuar em grande", escreveu Ryan na rede social Twitter, após a votação.

Ryan ocupa o papel de 'speaker' desde outubro de 2015, após a saída precoce do anterior 'speaker' Joe Boehner. Nas eleições de 8 de novembro, os republicanos conseguiram garantir a maioria da câmara baixa da Congresso, mas também do Senado (câmara alta).
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias