Situação em Monchique é "muito mais favorável" mas continua "sensível"

Vários "pontos quentes" a causar preocupação às forças de socorro e segurança

A situação do fogo que pelo quarto dia lavra na serra de Monchique é hoje de manhã "muito mais favorável", mas continua "muito sensível", com vários "pontos quentes" a causar preocupação às forças de socorro e segurança.

De acordo com o segundo comandante operacional distrital de Faro, Abel Gomes, que fazia um balanço perto das 10 horas, "neste momento a situação é muito mais favorável do que foi durante a noite", mas mantêm-se "situações que são sensíveis e merecem preocupação", havendo uma limitação no que respeita à atuação de meios aéreos, que não conseguem operar devido ao fumo intenso.

O flanco direito do incêndio está agora a progredir para as Caldas de Monchique e o flanco esquerdo na direção de São Marcos da Serra, sendo que parte da cabeça do incêndio progride em direção a sul, à Estrada Nacional (EN) 124, com "várias projeções em direção às Caldas de Monchique e ao Barranco do Barreiro, que provocaram muitas situações complicadas".

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.