Eleições no Reino Unido: Projeções dão vitória ao Partido Conservador

Mas sem maioria absoluta

• Foto: Reuters

O partido Conservador venceu as eleições, mas perdeu a maioria absoluta no parlamento britânico, segundo uma sondagem comum divulgada hoje pelas três estações televisivas britânicas BBC, ITV e Sky.

A sondagem à boca das urnas indicou que o partido Conservador terá 314 deputados, o partido Trabalhista 266, o Partido Nacionalista Escocês 34, os Liberais Democratas 14 e o Plaid Cymru (nacionalistas galeses) três, sendo os restantes distribuídos por pequenos partidos.

A maoria absoluta no parlamento britânico é de 326 deputados, mais de metade dos 650 assentos parlamentares.

Os primeiros resultados serão anunciados pelas 23:00 horas, mas será a partir das 02:00 horas de sexta-feira que começarão a sair em maior número.

Pelas 04:00 horas já será possível ter uma ideia clara do resultado final, mas os últimos boletins estarão contados perto do meio dia de sexta-feira.

As urnas abriram às 07:00 horas e encerraram às 22:00 (mesma hora em Lisboa) em 650 circunscrições eleitorais, com cada uma a eleger um deputado.

Um total de 46,9 milhões de eleitores estavam recenseados este ano, mais cerca de um milhão do que em 2015.

O sistema eleitoral usado nas eleições legislativas britânicas é de maioria simples [first past the post], o que quer dizer que vence aquele que tiver maior número de votos.

O governo é formado pelo partido com maior número de deputados na Câmara dos Comuns e o primeiro-ministro o respetivo líder.

Ao todo, concorreram 3.303 candidatos em 650 círculos uninominais, distribuídos por Inglaterra (533), Escócia (59), Irlanda do Norte (18) e País de Gales (40).

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.