Teletrabalho mantém-se para pais com filhos até aos 12 anos

A partir da próxima semana o teletrabalho deixa de ser a regra, mas haverá três exceções

escolas ensino educacao crianças brincar atividades ludicas
escolas ensino educacao crianças brincar atividades ludicas

Os pais com filhos ainda em idade escolar, até aos 12 anos, ou com dependentes deficientes vão continuar em regime de teletrabalho até ao final do período escolar, anunciou esta sexta-feira António Costa.

O primeiro-ministro falava na conferência se imprensa que se seguiu à reunião do Conselho de Ministros e anunciou ainda mais dois casos em que o teletrabalho deverá continuar a ser a regra: para pessoas imunodeprimidas ou doentes crónicos e para portadores de deficiência acima de 60%.
 
No geral, e tal como estava já previsto, na nova fase de desconfinamento o teletrabalho deixa de ser obrigatório sempre que possível, como acontecia até agora, e volta a vigorar a regra geral da lei do trabalho, ou seja, só acontecerá por acordo entre a entidade patronal e o trabalhador.
 
Ainda a pensar nos pais com filhos em idade escolar, o Governo dá luz verde para o início dos ATL fora de estabelecimentos escolares, mas só a partir de 15 de junho. No final do mês, a partir de 26, regressam as atividades de apoio à famílias e de ocupação de tempos livres.

Os pais que tenham filhos em idade escolar continuam também a receber até ao final do ano letivo o apoio extraordinário a que tenham já direito.

Por Negócios
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0