Theresa May demite-se e abandona cargo a 7 de junho

Primeira-ministra britânica anunciou a sua demissão

A primeira-ministra britânica demitiu-se esta sexta-feira, 24 de maio, um dia após a votação do Reino Unido para as eleições europeias. Theresa May abandona o cargo a 7 de junho, abrindo a porta à sua sucessão.

O processo para escolher o sucessor de May começará na próxima semana. Boris Johnsson, ex-ministro do Governo conservador, que apoiou o Brexit, é um dos principais candidatos. 

Numa declaração à frente do número 10 de Downing Street, primeira-ministra britânica reconheceu a derrota do acordo que negociou com a União Europeia. May deixou um aviso ao sucessor: é preciso reunir consensos que o atual Governo e Parlamento não conseguiu. 

"Fui a segunda primeira-ministra mulher, mas certamente não a última", afirmou Theresa May, terminando o seu discurso com um tom emotivo ao falar sobre o seu trabalho nos últimos dois anos.  

Ainda será Theresa May a receber o presidente norte-americano, Donald Trump, na visita que este fará a Londres a 3 de junho. 

A libra não reagiu de forma expressiva ao anúncio de May uma vez que este cenário já tinha vindo a ser antecipado nos últimos dias. 

Em reação ao anúncio, a primeira-ministra escocesa, Nicola Sturgeon, pediu a realização de eleições gerais.

Autor: Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.