Trump provoca “guerra civil” por causa da poluição automóvel

Presidente dos EUA altera as normas criadas por Barak Obama

Dezassete dos cinquenta Estados americanos, entre os quais Washington, a capital federal, rebelaram-se contra a decisão do presidente Donald Trump em alterar as normas anti-poluição criadas por Barak Obama, que a agência ambiental EPA procura abolir.

Jerry Brown, o Governador da Califórnia, está a liderar um processo que visa preservar as normativas de emissões poluentes e conta com o apoio de 16 governadores de estados como Nova Iorque, Connecticut, Delaware, Illinois, Iowa, Maine, Maryland, Massachusetts, Minnesota, Nova Jersey, Oregon e até a capital federal em Washington.

"Esta pretensão representa 140 milhões de pessoas e 43% do mercada automóvel americano, que apenas querem veículos limpos e eficazes", afirmou Jerry Brown. Ao mesmo tempo, Xavier Becerra, o responsável pelo ambiente no estado da Califórnia, considerou que "não procuramos o confronto com a administração Trump, mas quando os nossos objectivos com a saúde das crianças e a prosperidade das famílias está em causa, temos a obrigação de fazer o que é necessário para nos defender".

Tudo passa pela decisão de Donald Trump em revogar a norma "CAFE" (Corporate Average Fuel Economy), criada pela administração de Barak Obama, que preconizava um aumento gradual da redução da emissão de poluentes. Mas esta questão é apenas uma batalha na guerra que opõe a Califórnia à administração Trump, que tem campos tão vastos como as armas de fogo e a imigração...

Autor:  Aquela Máquina

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.