Uma década de Hora Record na CMTV

Canal do Correio da Manhã fez ontem 10 anos e hoje é dia de assinalar o aniversário do programa de Record

A carregar o vídeo ...
Hora Record: 10 anos de sucesso na televisão

Dia 18 de março de 2013. Foi há 10 anos que Record deu o pontapé de saída na televisão. Na antena da CMTV, a Rita Monteiro foi o primeiro rosto de uma equipa jovem e cheia de vontade de fazer televisão. Começámos com um programa antes do almoço e outro à tarde, mas já passámos por quase todos os horários. Manhã, tarde e noite, durante a semana e ao sábado.

E em 10 anos, as caras foram mudando. A Mariana Águas, o Miguel Belo, a Diana Santos Gomez, o André Ferreira e a Carolina Couto ocuparam a cadeira do pivô; o David Novo, a Andreia Candeias e a Mariana Béu continuam a sentar-se diariamente à frente da câmara para lhe dar tudo sobre a informação desportiva. Na régie, o João Seixas coordenou centenas de programas, o resultado do trabalho de muitos profissionais.

E, claro, não podemos esquecer todos os outros profissionais da redação de Record que, mesmo trabalhando noutras plataformas, contribuiram muito para construir um dos melhores programas de desporto da televisão portuguesa.

Em estúdio, na redação e em todos os lugares onde houve uma notícia para dar ou uma história para contar, nós estivemos lá. Continuamos em forma e numa sequência de vitórias, qual equipa de futebol. numa CMTV cada vez mais líder e a mostrar o melhor informação desportiva com a marca Record. E que venham mais dez anos com sucesso, sempre consigo por perto e a assistir. Obrigado.

NÚMEROS

220 mil e 790 pessoas em média foi a audiência mais alta de sempre de um programa ‘Hora Record’, segundo dados da GFK. Aconteceu num sábado, dia 22 de agosto de 2020, numa emissão que deu destaque ao mercado de transferências.

38 mil e 309 pessoas foi a audiência média do programa no período entre 2016 e 2023. Mais um sinal de crescimento da CMTV, já que de 2013 a 2015 esse mesmo registo era de 10.574 pessoas.


A OPINIÃO DE JOÃO SEIXAS

Foi assustador mas alguém tinha a fórmula

O arranque do Hora Record foi, acima de tudo, muito assustador. Uma equipa de jovens jornalistas, habituados às rotinas das edições de papel e online, tinham de começar a mudar o ‘chip’ e a pensar em linguagem televisiva. Mas alguém tinha a fórmula para que o início fosse, como depois se constatou, um verdadeiro sucesso. O diretor Alexandre Pais, de forma vanguardista, traçou o caminho – começar de imediato, a dois meses do arranque oficial do canal e do programa, a trabalhar como se fosse já tudo em direto e a sério. Ou seja, durante meses trabalhámos com o empenho e as dinâmicas que mais tarde seriam o nosso dia a dia. E essa foi, sem sombra de dúvidas, a chave do nosso sucesso. Chapeau!
Por David Novo e João Seixas
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Notícias