Urgência pediátrica do Garcia de Orta fecha aos fins-de-semana até 18 de novembro

Hospital de Almada diz que surgiram "novas possibilidades de articulação e reorganização do serviço"

• Foto: David Cabral Santos

O Hospital Garcia de Orta cancelou, esta quinta-feira, uma conferência de imprensa relativa aos encerramentos recentes do seu serviço de urgências de pediatria. Está previsto o fecho do serviço para as 9h desta sexta-feira, prolongando-se até às 8h30 da próxima segunda-feira, dia 4 de novembro.

Em comunicado, o hospital de Almada informou que surgiram "novas possibilidades de articulação e reorganização do serviço" - na qual se inclui a nomeação de um novo coordenador. O hospital indica ainda que, "até ao próximo dia 18 de novembro, mantém-se em vigor o anterior modelo de encerramento aos fins-de-semana, tendo início às 20H00 de sexta-feira, prolongando-se até às 08H30 de segunda-feira".

Nos últimos dias, o presidente do conselho de administração, Luís Amaro, afirmou que a expetativa do hospital era que a questão fosse resolvida em "seis meses", com o lançamento de dois concursos.

Dos 28 médicos que trabalham no Garcia de Orta, apenas sete estão nas urgências e só quatro fazem noites porque têm menos do que 55 anos.

Para solucionar a falta de médicos a curto prazo, estava previsto um acordo com a União das Misericórdias Portuguesas que trazia pediatras do norte do país mas o presidente do hospital de Almada, Luís Amaro, indicou que a opção estava fora de hipóteses porque "não há pediatras".

Por Sábado
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias