Vendas de carros em Portugal em máximos de pelo menos 11 anos

No primeiro semestre do ano foram vendidos mais de 150 mil veículos

O número de veículos vendidos em Portugal no primeiro semestre do ano foi de 156,4 mil, o que corresponde a um aumento de 5,4% face ao mesmo período do ano passado, revelou esta segunda-feira, 2 de Julho, a Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

A contribuir para este desempenho esteve, sobretudo o mercado de ligeiros, com um aumento de 5,5% para um total de quase 154 mil. 

Apesar deste aumento, o ritmo de crescimento das vendas no primeiro semestre é mais baixo do que em 2017, período em que as vendas de carros aumentaram 7,8%.

Ainda que o ritmo de crescimento esteja a moderar, de acordo com os dados disponíveis no site da ACAP não se verificava um primeiro semestre tão forte desde 2007, último ano em que há dados semestrais. 

O semestre foi um período de aumentos de vendas generalizadas entre as marcas, com a Renault a reforçar a liderança, com uma quota de mercado de 14,8% e quase 20 mil veículos ligeiros vendidos.

Uma das "perdedoras" continua a ser a Volkswagen, cujas vendas continuam a cair, algo que se verifica desde o escândalo das emissões de poluentes. No primeiro semestre, esta marca vendeu menos 22,5% do que há um ano e viu a sua quota de mercado a deslizar para 5,63%. Há um ano era responsável por 7,68%, o que representava a terceira maior marca do país.

Autor: Sara Antunes/Negócios

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias