Vladimir Putin critica uso de doping

Presidente russo indignado

• Foto: EPA

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, criticou ontem o consumo de substâncias proibidas com fins terapêuticos, por parte de alguns atletas dos EUA, que tiveram autorização da Agência Mundial Antidoping (Wada) nos Jogos Olímpicos do Rio’2016.

"Atletas saudáveis tomam legalmente remédios que são proibidos, enquanto pessoas com graves doenças e invalidez são excluídas dos Jogos Paralímpicos [designadamente a equipa russa] só por suspeitas de consumirem certas substâncias", atirou Putin.

As declarações surgem na sequência das revelações de hackers russos, os Fancy Bear, que entraram na base de dados e revelaram informação médica confidencial da Wada, acusada de dois pesos e duas medidas. "A Rússia não apoia os hackers, mas o que foi feito não pode deixar de despertar o interesse da comunidade desportiva internacional", acrescentou o também mestre de judo.

Refira-se que a informação confidencial envolve várias campeãs olímpicas dos EUA com o doping, entre elas as tenistas Serena e Venus Williams e a ginasta Simone Biles, tetracampeã no Rio’2016.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias