Zuckerberg admite que a Cambridge Analytica obteve os seus dados pessoais

Revelação foi feita a Anna Eshoo, senadora democrata do Estado da Califórnia

• Foto: Reuters

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, garante na comissão de Comércio e de Energia da Câmara dos Representantes (câmara baixa do Congresso) que os seus dados estiveram incluídos na fuga de informação de utilizadores daquela rede social à Cambridge Analytica. 

A revelação foi feita a Anna Eshoo, senadora democrata do Estado da Califórnia, durante a segunda (e última) audição no Congresso. Leia a conversa entre a senadora e o presidente executivo do Facebook:

"- Acha que tem uma obrigação moral de gerir uma plataforma que protege a democracia?
- Sim. 
- Os seus dados pessoais foram incluídos na fuga de informação à Cambridge Analytica?
- Sim.
- Está disposto a mudar o seu modelo de negócio em prol de proteger o interesse da privacidade individual?
- Não sei o que quer dizer com isso. "

Mark Zuckerberg participou esta terça-feira na primeira de duas audições. Na primeira audição, o fundador do Facebook explicou a polémica com a empresa Cambridge Analytica: "O que vemos aqui é que as pessoas escolheram partilhar informação com um programador que foi transferida para fora do nosso sistema", disse. A audição desta quarta-feira é a segunda última. 

O Facebook está no centro de uma polémica internacional associada com a empresa Cambridge Analytica, acusada de ter recuperado dados de milhões de utilizadores daquela rede social, sem o seu consentimento, para elaborar um programa informático destinado a influenciar o voto dos eleitores, nomeadamente no escrutínio que ditou a eleição de Donald Trump para a Casa Branca e no referendo sobre o 'Brexit' (processo de saída do Reino Unido da União Europeia).

Autor: A.R.M./Sábado

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.