Siga o nosso canal de WhatsApp e fique a par das principais notícias. Seguir

Presidente da APAF e a polémica do VAR no FC Porto-Arouca: «Nem que tivesse sido por sinais de fumo…»

Luciano Gonçalves defende, num artigo de opinião em Record, que "a verdade desportiva foi mantida"

Luciano Gonçalves, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), abordou a polémica do VAR no Estádio do Dragão no duelo entre FC Porto e Arouca. "Independentemente das situações atípicas que aconteceram e das boas e más decisões dos vários intervenientes na partida, o mais importante foi alcançado. Nem que tivesse sido por sinais de fumo... Uma decisão foi revertida e a verdade desportiva foi mantida", pode ler-se no artigo que assina no Record e que esta semana tem como título "Verdade desportiva".

Recorde-se que o protesto do FC Porto tem, como base, a utilização do telefone para o contacto entre o árbitro e o VAR. Na sua argumentação, os dragões falam mesmo de um VAR que se transformou "numa espécie de AAR (áudio-árbitro)".

Pode ler o artigo de Luciano Gonçalves na íntegra aqui.
Por Record
30
Deixe o seu comentário
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas