Bruno Paixão dirige Sporting quase quatro anos depois

Godinho Lopes pediu irradiação do árbitro em 2012

Nas nomeações do Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) divulgadas esta terça-feira destaque, além da nomeação de Artur Soares Dias para o Benfica-FC Porto, para o regresso de Bruno Paixão, da Associação de Setúbal, a um jogo do Sporting, três anos, dez meses e 26 dias depois.

O árbitro setubalense tinha estado pela última vez num jogo dos leões numa visita do Sporting ao Gil Vicente (2011/12), a 19 de março de 2012, que terminou com uma derrota dos lisboetas por 2-0 e críticas ferozes à sua arbitragem.

Após o jogo, os dirigentes à época, nomeadamente o presidente Godinho Lopes e o diretor desportivo Carlos Freitas, vieram pedir a irradiação de Bruno Paixão, que não voltou mais a ser nomeado para qualquer jogo do Sporting.

Nas nomeações, nota ainda para a escolha de Rui Costa, da Associação do Futebol do Porto, para a receção na segunda-feira do Rio Ave ao Paços de Ferreira, depois de o árbitro ter sido contestado pelo FC Porto na arbitragem com o Arouca (derrota por 2-1).

Liga, 22.ª jornada:

Sexta-feira, 12 fevereiro:

Benfica-FC Porto, Artur Soares Dias (Porto).

Sábado, 13 fevereiro:

Moreirense-Belenenses, João Pinheiro (Braga).
Nacional -Sporting, Bruno Paixão (Setúbal).
Vitória de Guimarães-Vitória de Setúbal, Nuno Almeida (Algarve).

Domingo, 14 fevereiro:

Arouca-União da Madeira, Tiago Antunes (Coimbra).
Estoril-Praia-Tondela, Jorge Ferreira (Braga).
Boavista-Académica, Luís Godinho (Évora).
Marítimo-Sporting de Braga, Manuel Oliveira (Porto).

Segunda-feira, 15 fevereiro:

Rio Ave-Paços de Ferreira, Rui Costa (Porto).

19
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.