Conselho de Arbitragem dá formação à distância

Projeto chama-se 'Árbitros são todos'

Em tempos de quarentena, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol encontrou outra forma de providenciar as suas formações. Nesse sentido, criou um projeto de formação à distância para todos os agentes da arbitragem, qualquer que seja a função ou categoria, com a Academia de Arbitragem a apostar no projeto 'Árbitros são todos'.

Na prática, são sessões com conteúdos técnicos e matérias complementares dadas por videoconferência, podendo englobar árbitros, observadores, técnicos e restantes elementos da arbitragem, contando até com árbitros ainda em processo de formação. "O objetivo deste modelo de formação desenvolvido pela estrutura nacional é o de conseguir englobar os árbitros das competições distritais, por via dos Conselhos de Arbitragem Distritais, Regionais e Núcleos", pode ler-se no site da FPF.

A iniciativa teve tantos iscritos (mais de 500) que ultrapassou o limite da plataforma (300), pelo que a primeira sessão, sobre 'mão na bola' e ministrada por João Capela, teve de se dividir entre terça-feira e quarta-feira. Já sexta-feira haverá uma iniciativa destinada aos árbitros de futsal, com Nuno Bogalho e o tema 'trabalho de equipa'. No dia 5 de maio, mais uma formação: o psicólogo Pedro Teques abordará o tema 'o homem-árbitro em fase de adversidade', destinando-se a futebol e futsal.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas