Curiosidades em torno do FC Porto-Benfica

Arbitragem e não só...

Lucílio Baptista em foco
• Foto: Arquivo/Paulo César

A caminho dos noventa. Os embates entre FC Porto e Benfica, tal como acontece entre cada uma destas equipas e o Sporting, são os mais antigos do futebol português no principal escalão. No Porto, dragões e águias já se defrontaram em 82 ocasiões. Hoje será o octogésimo terceiro confronto no principal campeonato português.

Saldo azul e branco. Nos 82 encontros realizados com o FC Porto como anfitrião, o saldo é francamente favorável aos azuis e brancos, que conseguiram vencer cinquenta vezes, tendo consentido dezanove empates e apenas treze derrotas.

Lucílio Baptista assíduo. Lucílio Baptista, de Setúbal, é, juntamente com o também sadino António Costa e o leiriense António Garrido, o árbitro que mais vezes apitou jogos no Porto entre dragões e águias relativos ao principal campeonato. Este trio foi designado por quatro vezes para apitar o clássico. Augusto Pacheco, Alder Dante e Pedro Proença dirigiram o clássico no Porto três vezes cada um.

Soares Dias repetente. Artur Soares Dias vai dirigir hoje o jogo e torna-se o sétimo árbitro a repetir o clássico por ocasião da visita do Benfica ao Dragão. Os seis anteriores foram: Augusto Pacheco (1944/45 e 1945/46), Reis Santos (1948/49 e 1949/50), Raúl Nazaré (1981/82 e 1982/83), Alder Dante (1983/84 e 1984/85), António Costa (1996/97 e 1997/98) e Lucílio Baptista (2005/06 e 2006/07).

Mais de cinquenta. Desde que existe campeonato nacional, foram cinquenta e um os árbitros a dirigir jogos na Invicta entre FC Porto e Benfica, com a curiosidade de internacionais como Duarte Gomes ou Paulo Baptista nunca terem sido nomeados.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas