Deteção de talentos começa cada vez mais cedo

Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol reforçou aposta na base

António Nobre (29 anos) tem instrutor
• Foto: Ricardo Nascimento

Com o objetivo de descobrir cada vez mais novos talentos, o Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol reforçou esta época a aposta na base. Está em vigor um programa de deteção de talentos, que seleciona 60 árbitros da Categoria C3 avançado, com o objetivo de promover pelo menos dez à C2. Mas vamos por partes.

As associações de futebol (AF) distritais indicam os juízes com potencial e o CA forma o tal grupo de 60, sendo que 30 têm menos de 26 anos, 20 são sub-30 e os outros dez têm menos de 33. Feito este processo de seleção, que reforça a política de proximidade com as AF, começa a observação. São dez os assessores do CA indicados para irem acompanhando os árbitros – que farão entre 30 e 40 jogos –, elaborando relatórios formativos de vários encontros das provas da FPF, incluindo o Campeonato de Portugal.

Além disso, os assessores encontram-se com os árbitros após os jogos para dar orientação, tal como a UEFA faz com os árbitros de Elite. Os assessores são dirigentes ou ex-árbitros, representando um investimento do CA, que também providencia mais observadores para jogos de competições distritais, de forma a ‘criar’ mais oportunidades em encontros de seniores.

Subida de categoria

Concluída uma primeira fase, apenas 20 passam para um grupo mais restrito e com maior acompanhamento. É daí que vão sair os, pelo menos, dez eleitos para a subida à categoria C2. Já os restantes 40 vão ser observados mais uma vez, já que podem vir a preencher alguma vaga.

Nota para o facto de os novos juízes da Categoria C1 (Vítor Ferreira e António Nobre esta época) terem um instrutor para ajudá-los a lidar com a nova realidade no principal escalão.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas