Record

Duarte Gomes apresenta livro e site "Kickoff"

Antigo árbitro pretende aproximar a arbitragem dos adeptos

O antigo árbitro Duarte Gomes apresentou esta quarta-feira o livro e site "Kickoff", que pretendem ser duas ferramentas para ajudar a perceber as leis do jogo e também o papel dos árbitros. O vídeo-árbitro é um dos temas que o agora comentador promete acompanhar com especial atenção.


"O livro explica as leis jogo de forma acessível aos adeptos", referiu Duarte Gomes durante a apresentação do livro. Mais tarde, em conversa com os jornalistas, explicou o que o moveu. "O grande objetivo é explicar às pessoas que a arbitragem não está tão distante do adepto como dizem. A criação de um projeto integrado com site e livro quer contribuir para essa aproximação: estreitar pontes, esclarecer dúvidas, discutir lances, ouvir opiniões e falar da atualidade da arbitragem de ma forma tranquila, construtiva e aberta. Para tirar a legitimidade a quem critica sem fundamento", explicou.

Esta mesma ideia foi transmitida por Artur Soares Dias, que confidenciou: "Não me custa a critica quando é construtiva e de facto ocorreu, o que me custa é ouvir criticas de forma infundada".

No que se refere à grande novidade na nova temporada, a ingrodução do vídeo-árbitro, Duarte Gomes considera que "vai melhorar as arbitragens no que diz respeito ao fim dos erros claríssimos". Por outro lado, acredita que será importante para os novos juizes, que "vai ser uma referência para os jovens árbitros." E vai ainda mais longe: "Gostava muito de ter tido vídeo-árbitro em muitos jogos que arbitrei. Os jovens vão sentir-se muito mais seguros sabendo que na evolução das suas carreiras poderão contar com uma ferramenta que vai diluir a sua decisão em lances de complicadíssima análise e vai ajudar a repor a verdade".

O evento decorreu na Cidade do Futebol, com a presença de várias figuras do futebol. Para além do árbitro Artur Soares Dias (que ajudou na apresentação), estiveram o presidente da FPF Fernando Gomes, os 'vices' Hermínio Loureiro e Humberto Coelho, bem como a diretora Mónica Jorge. Estiveram ainda o presidente da Liga, Pedro Proença, o líder do Conselho de Arbitragem, José Fontelas Gomes, Pedro Henriques, Rui Costa, Jorge Andrade, Carlos Manuel e o diretor de Record, António Magalhães, entre outros.
Por Cláudia Marques
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas

M