Fontelas Gomes considera que erros do VAR se devem a stress e pressão

Presidente do Conselho de Arbitragem participou no webinar organizado pelo Sporting

• Foto: Miguel Barreira

José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, revelou esta segunda-feira, na conferência "VAR Future Challenges", organizado pelo Sporting, os motivos que levam os vídeoárbitros a tomarem decisões erradas.

"As pessoas que estão no VAR sofrem pressão para tomar a decisão certa. Há situações de interpretação, o que para é claro em termos de erro, para outra pessoa não é. O stress e a pressão são os principais problemas que levam a decisões erradas do VAR. Temos de treinar muitas horas e educar a implementação do VAR. Não temos de mudar muito as leis de jogo. Algumas ligeiras mudanças", afirmou o responsável federativo.

Também entre os vários oradores esteve Helena Pires, diretora executiva da Liga Portugal, que espera que Portugal continue a ser um dos países pioneiros na implementação do VAR e uma dos prioridades passa por colocar o protocolo em vigor também no segundo escalão profissional. "A Liga é pioneira na introdução do VAR, assim como Itália e Alemanha. Estamos na primeira linha da tecnologia VAR. A Liga portuguesa tem de criar condições apropriadas para a implementação e utilização do VAR nos estádios. Estamos em contacto constante com o CA e a FPF para que nos estádios esteja tudo bem para a utilização da tecnologia", atirou.

Por Record
15
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.