Record

Liga Revelação também para os árbitros

Fontelas Gomes destaca potencial dos jovens juízes

A Liga Revelação tem como objetivo potenciar o talento de jovens jogadores e... dos árbitros também. Esta é a análise feita por José Fontelas Gomes, presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, que explicou a forma como a competição irá funcionar para os juízes.

"Quem estará a arbitrar esta Liga Revelação são os árbitros mais jovens do quadro nacional, que ainda estão numa fase de aprendizagem, de adquirir experiência. São os potenciais talentos do futuro da arbitragem nacional. É que aqui que vão ganhar mais experiência para serem melhores árbitros no futuro. Este é um desafio muito grande para a arbitragem portuguesa. É uma competição que fazia falta à arbitragem e onde os árbitros poderão ter mais jogos e desenvolver de forma mais assídua a sua atividade. Serve para potenciar a deteção de talentos na área da arbitragem para que a primeira categoria num futuro próximo tenha ainda mais qualidade do que a que já tem hoje", destacou o dirigente ao site da FPF.

Diga-se que o quadro para a Liga Revelação vai ser composto por 63 árbitros, entre os quais os 60 que fazem parte da Categoria C3 e outros 3 que subiram esta temporada para a Categoria C2. São, de facto, jovens valores, uma vez que a média de idades dos árbitros em causa não chega aos 26 anos.
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas

M