Tiago Craveiro: «Vídeo-árbitro não é para acabar com as discussão de café»

Diretor-geral da FPF mantém-se confiante face às críticas

As críticas que alguns têm feito ao vídeo-árbitro não fazem Tiago Craveiro tremer. O diretor-geral da Federação Portuguesa de Futebol acredita plenamente na nova tecnologia e não está preocupado com as discussões que isso vai causar. Até porque, como o próprio explica, o objetivo do VAR está bem definido.

"O VAR não nasce para acabar com as discussões de café ou com as polémicas. Nasce para acabar com as injustiças e, sobretudo, para ajudar o árbitro. A última decisão será sua", explica o dirigente, em entrevista ao diário espanhol 'Marca'.

Tiago Craveiro garante mesmo que não tem dúvidas de que adotar o vídeo-árbitro foi um passo decisivo. "Estamos convencidos de que será um grande avanço para o futebol. O gasto de um milhão de euros terá o seu retorno quanto à credibilidade e prestígio do desporto. É certo que uma mudança como estas provoca dúvidas, mas não trememos ao dizer que estamos em testes. Haverá uma aprendizagem e adaptação ao VAR por todos os agentes do desporto", acrescenta.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.