VAR vai acolher ex-árbitros

Novidade anunciada

• Foto: FPF

A assembleia geral da Liga de Clubes aprovou, na quarta-feira, uma proposta dos G15 que visa o recrutamento de novos árbitros para o VAR, elementos que serão designados como "especialistas de arbitragem". A regra entrará em vigor em 2019/20, caso seja ratificada pela FPF, e a seleção destes passará a ser responsabilidade do Conselho de Arbitragem (CA). Os ‘novos agentes’ não poderão ter deixado a arbitragem há mais de três anos nem serem comentadores desportivos ou terem ligação a clubes.

Marco Ferreira, ex-árbitro, considera que "um indivíduo que está no universo da arbitragem, mesmo que seja como comentador, seria um bom recurso", por estar "atualizados", e que os juízes despromovidos no final da época passada seriam boas opções, assim como aqueles que integram os quadros da FPF mas que apenas dirigem jogos do Campeonato de Portugal, por limitação na idade (36 anos) para integrar a 1ª categoria.

Já Jorge Faustino diz que os critérios "fazem todo o sentido" porque trata-se de alguém que está "dentro da realidade do jogo no que às leis e formação diz respeito", podendo "servir para integrar quem já não tem idade para subir à 1ª categoria e tem experiência", casos de Bruno Esteves e Luís Ferreira. "O Conselho de Arbitragem tem todo o interesse em que alguns árbitros que agora desceram e que têm experiência de 1ª Liga possam integrar essa equipa", explicou.

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arbitragem

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.