Ac. Viseu elimina Chaves e chega pela segunda vez aos quartos-de-final da Taça de Portugal

João Mário marcou único golo do jogo

• Foto: Nuno André Ferreira

Um golo solitário de João Mário deu esta terça-feira o triunfo, em casa, ao Ac. Viseu, frente ao Desp. Chaves, e assegurou a passagem dos beirões aos quartos de final da Taça de Portugal.

Há 41 anos que os viseenses não chegavam tão longe na prova rainha do futebol português, e conseguiram-no através de um golo de João Mário, de cabeça, na sequência de um canto, aos 68 minutos de jogo.

A primeira parte foi de domínio repartido, com duas equipas muito intensas no meio campo, e a apostarem em ataques rápidos para chegarem junto da área adversária, mas só aos 34 minutos Niltinho, frente a Janota, falhou o golo para o Desportivo de Chaves, depois de um cruzamento na direita de Batxi, rematando por cima da baliza.

O Académico de Viseu respondeu aos 38, com João Oliveira a servir Lucas na esquerda e o brasileiro a rematar forte, com a bola a embater na malha lateral da baliza de Ricardo.

No segundo tempo, os comandados por Rui Borges foram sempre mais perigosos, e, antes do golo, Latyr, aos 58, e Jean Patric, aos 67, só não marcaram porque Ricardo respondeu com duas grandes defesas.

Foi num canto, na sequência do lance de Jean Patric, que chegou o golo do triunfo, com João Mário a aparecer entre os centrais e, de cabeça, a bater o guarda-redes flaviense.

José Mota reforçou a frente de ataque, com as entradas de André Luís, José Gomes e Parades, mas a defesa viseense esteve intransponível, e raramente deu oportunidade aos adversários para alvejarem as redes de Janota.

Já nos instantes finais, os viseenses ainda festejaram um segundo golo, mas António Nobre anulou por indicação do árbitro auxiliar que assinalou fora de jogo a Jean Patric.

Jogo no Estádio do Fontelo, em Viseu.

Académico de Viseu-Desportivo de Chaves, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcadores:

1-0, João Mário, 68 minutos.

Equipas:

- Académico de Viseu: Janota, Tiago Almeida, Mathaus, Pica, Lucas, Zimbabwe, João Oliveira (Facundo, 90+6), Latyr (Diogo Santos, 678), Luisinho (Bruninho, 85), Jean Patric e João Mário.

(Suplentes: Ricardo Fernandes, Diogo Santos, Edgar Abreu, Bruninho, Fernando Ferreira, Filipe e Facundo).

Treinador: Rui Borges.

- Desportivo de Chaves: Ricardo, Viegas, Calasan, Diogo Galo, Jean (José Gomes, 81), Jefferson (Parades, 81), Niltinho, Batxi (André Luís, 71), Wagner, Guzzo e Platiny.

(Suplentes: Igor, Hugo Basto, André Luís, Gamboa, José Gomes, Kevin Medina e Parades).

Treinador: José Mota.

Árbitro: António Nobre (Leiria).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Tiago Almeida (26), Jefferson (58), Zimbabwe (60), Guzzo (76), Bruninho (85), Platiny (90+7) e Facundo (90+7)

Assistência: Cerca 350 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.