Adeptos do Aves apertam os jogadores e GNR teve de intervir

Avenses registam seis desaires consecutivos e o último lugar na tabela

• Foto: Peter Spark / Movephoto

Os adeptos do Desportivo das Aves contestaram, este sábado, os futebolistas do lanterna-vermelha da I Liga, obrigando a um reforço policial no Estádio do CD Aves, onde os nortenhos foram derrotados pelo Tondela (1-0).

Após o sexto desaire consecutivo no campeonato, cerca de meia centena de adeptos do emblema do concelho de Santo Tirso deslocou-se para a saída do parque de estacionamento e tentou intercetar alguns jogadores, à medida que estes abandonavam o recinto.

O avançado Miguel Tavares viveu alguns momentos de tensão, ao ser cercado por adeptos que chegaram mesmo a abrir a porta da viatura em que seguia, numa situação sanada pela pronta intervenção da Guarda Nacional Republicana (GNR).

O aparato propiciou a criação de um perímetro de segurança por parte das forças policiais, de forma a garantir a saída ordeira dos jogadores, que não se livraram de ouvir várias críticas, exceção feita a Cláudio Falcão, o único a merecer palavras de incentivo.

O Desportivo das Aves perdeu na receção ao Tondela, por 1-0, em encontro antecipado da nona jornada da I Liga, decidido com um autogolo de Beunardeau aos 77 minutos, permanecendo na 18.ª e última posição, com três pontos.

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.