China sobe ao 3.º lugar dos países que mais investiram no mercado de transferências

Só ingleses e espanhóis os bateram em janeiro

• Foto: Reuters

Os clubes de futebol da China pagaram mais por jogador do que qualquer outro país durante a janela de transferência de janeiro, de acordo com dados do sistema de transferências da FIFA avançados pelo "Times".

Uma série de transferências de jogadores de primeiro plano, como Jackson Martínez, Ramires ou Guarín, colocaram mesmo o país no terceiro lugar da tabela entre os que mais gastaram, apenas atrás de Inglaterra e Espanha. No entanto, a China poderá ainda ultrapassar a Espanha e ficar em segundo, uma vez que o sistema de transferências da FIFA ainda não processou 30 "negócios", entre os quais o de Jackson (do Atlético Madrid para o Guangzhou Evergrande) por 42 milhões de euros, na quarta-feira.

Excluindo assim o acordo com o colombiano, os chineses gastaram um total de cerca de 43 milhões de euros em 10 jogadores, ao passo que os ingleses registaram um total de cerca de 158 milhões por 115 jogadores e os espanhóis 55 milhões em 104.

Recorde-se que a janela de transferências na China só fecha no próximo dia 26.


Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.