Estoril-Académica, 1-0: Estudantes quebram jejum de vitórias e batem estudantes nos descontos

André Franco entrou para decidir a partida

• Foto: Miguel Barreira

O Estoril venceu este sábado a Académica por 1-0 e colocou um ponto final na sequência de cinco derrotas consecutivas na 2.ª Liga, graças a um golo nos descontos do suplente André Franco.

Em claro contraciclo, com os estorilistas a viverem a pior fase na prova, face às seis jornadas seguidas sem ganhar - e que precipitaram mesmo a entrada do treinador Pedro Duarte para o lugar de Tiago Fernandes -, e os 'estudantes' a chegarem com o ânimo reforçado por cinco triunfos seguidos, o jogo entre o 11.º e o sétimo classificados ficou aquém das expectativas, com as defesas a superiorizarem-se quase sempre aos ataques.

O técnico Pedro Duarte, que se estreara pelos 'canarinhos' com um desaire na jornada anterior, frente ao Sporting da Covilhã, apostou nos reforços João Diogo e Joãozinho de início, lançando ainda Ricardo Rodrigues durante a partida.

Todavia, os anfitriões denotaram pouca contundência no ataque e as exceções na primeira parte foram assinadas por Crespo, num remate de longe a obrigar a defesa apertada para canto e num cabeceamento ao lado.

Já a Académica, comandada por João Carlos Pereira, trazia uma lição de pragmatismo para o encontro, procurando explorar a ansiedade do Estoril em transições rápidas nos primeiros minutos com Barnes Osei e Djousse na frente do ataque, mas assumiu mesmo a iniciativa durante a primeira parte.

Porém, padecia do mesmo mal do adversário, com a bola a passar grande parte do tempo no meio-campo e demasiado longe da baliza contrária.

No segundo tempo, o Estoril intensificou o ritmo baixo que exibira até então e tentou pressionar a Académica.

Com mais coração do que cabeça, as alterações de Pedro Duarte foram aumentando o caudal ofensivo e o prémio chegou em tempo de descontos: André Franco saltou do banco aos 84 minutos e estava no sítio certo para finalizar o cruzamento de Roberto já em cima do apito final, quando o empate parecia uma inevitabilidade.

Graças a esta vitória, o Estoril encerrou a sua pior sequência da época e ultrapassou o adversário de hoje na classificação, subindo ao sétimo posto e somando agora 25 pontos, mais um do que a Académica (24), que cai, para já, no oitavo.

Jogo no Estádio António Coimbra da Mota.

Estoril-Académica, 1-0.

Ao intervalo: 0-0.

Marcador:

1-0, André Franco, 90+3 minutos.

Equipas:

- Estoril: Daniel Figueira, João Diogo, Valente, Lucas Áfrico, Joãozinho, Tembeng, Juninho (Chiquinho, 60), Miguel Crespo (Ricardo Rodrigues, 71), Daniel Bragança, Rafael Barbosa (André Franco, 84) e Roberto.

(Suplentes: Stojkovic, Lucas, Chiquinho, Gonçalo Santos, André Franco, Simão e Ricardo Rodrigues).

Treinador: Pedro Duarte.

- Académica: Mika, Francisco Moura, Silvério, Arghus Bordignon (Leandro Silva, 76), Mike, Ricardo Dias, Marcos Paulo, João Mendes (Chaby, 66), Traquina, Djousse (Dani, 86) e Barnes Osei.

(Suplentes: Daniel Azevedo, Mauro Cerqueira, Hugo Almeida, Leandro Silva, Dani, Chaby e Pedro Pinto).

Treinador: João Carlos Pereira.

Árbitro: Iancu Vasilica (AF Vila Real).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Joãozinho (62), João Diogo (66), Traquina (68), Tembeng (73), Rodrigues (82) e André Franco (90+3).

Assistência: Cerca de 800 espetadores.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.