Record

Fiúsa e a corrupção que "existe há 50 anos": «Se um dia me puser a falar dizem que sou maluco»

«Há presidentes que são como o camaleão: mudam de cor consoante o negócio», disse em entrevista ao 'Correio da Manhã'

• Foto: Amândia Queirós/Arquivo
"Já existe corrupção há 50 anos". A citação é de António Fiúsa que, em entrevista ao Correio da Manhã este sábado, ataca os presidentes "cobardes" e camaleónicos: "mudam de cor consoante o negócio".

"Já existe corrupção há 50 anos. Falo de coisas como o jogo da 'mala' e de várias 'malas'. Se um dia me puser a falar... vão dizer que sou um indivíduo maluco. A realidade dos factos é essa, saí do futebol desgastado por ver tanta hipocrisia e tanta falsidade. Claro que no meio disto tudo fiz amigos, pessoas sérias, coerentes como eu. A verdade é que o tal 'sistema' não está nos clubes pequenos está nos grandes e tem rosto. E isso vê-se quando há eleições para qualquer órgão associativo, é fácil ver qual é o posicionamento de cada um. Além disso há grupos a viver à conta dos clubes, embora haja presidentes que se sintam confortáveis com isso", afirmou o ex-presidente do Gil Vicente.

E prosseguiu: "Há presidentes de clubes que são uns cobardes, são voláteis, não têm caráter, são como o camaleão. Mudam de cor consoante o negócio. Há presidentes, no meio disto tudo, que são pessoas dignas, mas a grande maioria são isto que estou a afirmar. Estão ao serviço de interesses, dos clubes deles e de clubes de outros. O empréstimo e a venda de de jogadores são uma das faces visíveis do sistema, é preciso ter dignidade. Posso afirmar que nunca me vendi no futebol, nunca dei abertira para ser abordado pelos clubes com poder económico. Ao longo dos anos, procurei servir o futebol, nunca me quis servir dele".  

António Fiúsa apontou ainda o dedo a Gilberto Madaíl, antigo líder da FPF, dizendo que "usou uma 'bomba atómica' para matar uma formiga" no processo que provocou a descida do Gil Vicente - "por causa disso, o clube está atrasado 15 anos em relação a todos os outros clubes".
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas