FPF altera formato das provas nacionais de futebol de praia e cria Supertaça

A principal divisão nacional, a Elite, será disputada por oito clubes

O campeão nacional de futebol de praia vai passar a ser encontrado através da realização de uma 'final four', informou esta segunda-feira a Federação Portuguesa de Futebol (FPF), que procedeu a alterações nos formatos das provas nacionais.

Através do site oficial, a FPF anunciou a criação de um novo troféu, a Supertaça, com o qual arrancará o calendário das competições nacionais, sendo que apenas a Taça de Portugal vai manter o formato anterior, com cinco eliminatórias.

A principal divisão nacional, a Elite, será disputada por oito clubes, num sistema de todos contra todos, com duas voltas, num total de 14 jornadas. No final desta primeira fase, os quatro primeiros classificados apuram-se para a 'final four', através da qual será distinguido o campeão nacional, enquanto o sétimo e oitavos classificados descem para o segundo escalão.

A divisão secundária, designada de Campeonato Nacional, será disputada em três fases, começando com uma fase regional, passando por uma fase nacional e terminando com uma fase final, na qual serão encontradas as duas equipas que sobem à Elite.

O Sporting de Braga venceu as últimas três edições da Elite, somando um total de seis títulos de campeão. Seguem-se o Sporting, com dois, Belenenses e Vitória de Guimarães, ambos com um.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.