FPF e UEFA associam-se a boicote nas redes sociais

Iniciativa visa "combater o abuso online" a diversos agentes do futebol

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) vai igualmente boicotar as redes sociais, a partir de sexta-feira e até segunda, juntando-se à iniciativa que visa "combater o abuso online" a diversos agentes do futebol.

"Desta forma, a FPF junta-se a um movimento que nasceu em Inglaterra para combater as manifestações de ódio que visam frequentemente os protagonistas do futebol em diversas plataformas digitais", refere a Federação.

A iniciativa vigora a partir das 15 horas de sexta-feira e até às 22H59 da próxima segunda-feira, período durante o qual a FPF não colocará publicações nas redes sociais Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn e Youtube.

Também hoje, a UEFA associou-se ao boicote iniciado pelo futebol inglês, com o organismo do futebol europeu a explicar que não fará qualquer publicação nas suas páginas nas redes sociais, num combate ao discurso de ódio.

A UEFA fala na "necessidade de tomar medidas para travar o ódio e os insultos a futebolistas e outros intervenientes no jogo".

"Permitir que a cultura do ódio cresça impunemente é muito perigoso, não só para o futebol, mas também para toda a sociedade. Por isso, apoiamos esta iniciativa. Chegou o momento de o futebol adotar uma postura conjunta", disse o presidente da UEFA, Aleksander Ceferin.

No sábado, foram as principais instituições do futebol inglês, da Federação às Ligas masculina e feminina, a anunciar que vão boicotar as redes sociais entre 30 de abril e 3 de maio, num protesto contra o abuso racista 'online'.

O objetivo é que o boicote aconteça ao longo de uma jornada completa no futebol profissional masculino e feminino, com contas de Facebook, Twitter e Instagram afetadas.

Por Lusa
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.