«Há uma boa probabilidade de o fora de jogo ser detetado automaticamente em 2022»

Segundo Wenger, a medida pode chegar ainda a tempo do Mundial

O diretor de desenvolvimento da FIFA, o antigo treinador francês Arsène Wenger, disse esta terça-feira que o fora de jogo no futebol pode passar a ser detetado de forma automática em 2022, a tempo do Campeonato do Mundo. 

"Há uma boa probabilidade de o fora de jogo ser automático em 2022. (...) Será uma das próximas grandes evoluções na arbitragem", explicou o antigo técnico, em conferência de imprensa, em referência a uma das regras mais polémicas da modalidade.

Segundo Wenger, que em abril deste ano já havia admitido este cenário, a medida pode chegar ainda a tempo do Mundial do Qatar, com um novo relatório sobre a matéria a estar previsto até ao final do ano, dando-se depois início a conversas com o International Board, que rege as leis do futebol.

Por Record com Lusa
9
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas