Manuel Queiroz: «Para saber regular o match fixing temos de saber de que se trata»

Presidente do CNID destaca importância da Cimeira Internacional sobre Apostas Desportivas, Integridade e Media

Um jantar-debate, em Vila Nova de Gaia, deu o tiro de partida para a Cimeira Internacional de Especialistas sobre Apostas Desportivas, Integridade e Media que decorre esta terça-feira, durante todo o dia, na Faculdade de Desporto, no Porto. O CNID (Associação de Jornalistas de Desporto) lançou um desafio que a SIGA (Aliança Mundial para a Integridade no Desporto), liderada pelo português Emanuel Medeiros, aceitou e abraçou no sentido de dar corpo a um encontro recheado de presenças de grande qualidade da cena internacional.

"A ideia foi do CNID porque é importante ajudar os jornalistas a entender estes novos temas, como o match-fixing. Depois de assinar uma carta de intenções com a SIGA, foi realizada a parceria com Emanuel Medeiros no sentido de ser realizada a conferência. É preciso informar e formar mais os jornalistas e para saber regular o match-fixing temos de saber de que se trata", salientou o presidente dos jornalistas de desporto nacionais, Manuel Queiroz.

Já Emanuel Medeiros, por parte da SIGA, assume igualmente a existência de "uma ação deliberada destinada a trazer a comunicação social e os seus órgãos para o terreno de jogo. A comunicação social não pode ser apenas um agente passivo, no sentido em que relata os acontecimentos, mas também deve ter um papel ativo ao serviço da ética desportiva. Há que preservar a função social do Desporto. É de grande importância a complementaridade entre as diferentes instituições, quer governamentais, quer desportivas", salientou o responsável.

No jantar que permitiu aproximar as diversas entidades concentradas na Invicta, houve a destacar a presença da Eurodeputada conservadora inglesa, Emma McClarkin, bem como de organizações ligadas às apostas desportivas, como a Sportradar. A esse respeito, Emanuel Medeiros deixou uma derradeira reflexão: "Quem gere as apostas deportivas deve ter em contas que estas devem ser íntegras e respeitar as regras e os direitos dos organizadores das competições."

Por Ruben Tavares
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.