Morreu o treinador Vítor Oliveira

Estava a fazer uma caminhada e sentiu-se mal

O futebol português está de luto. Morreu Vítor Oliveira. O treinador, de 67 anos, estava a fazer uma caminhada na zona de Matosinhos e sentiu-se mal.

Vítor Oliveira não estava a treinar qualquer equipa esta temporada. Recentemente comentou na TVI o Paredes-Benfica e o Marselha-FC Porto.

A última equipa que orientou foi o Gil Vicente. Depois de conseguir a 11ª subida de divisão da carreira, desta feita ao serviço do P. Ferreira, aceitou o desafio de comandar os gilistas no regresso do clube à Liga NOS. Saiu no fim da época, ainda chegou a ser apontado a diretor desportivo do Boavista mas acabou por fazer um ano sabático.

Entre 1978 e 2020, Vítor Oliveira comandou Famalicão, Portimonense, Maia, Paços de Ferreira, Gil Vicente, Vitória de Guimarães, Académica, União de Leiria, Sporting de Braga, Belenenses, Rio Ave, Moreirense, Leixões, Trofense, Desportivo das Aves, Arouca, União da Madeira, Desportivo de Chaves e Paços de Ferreira.

Natural de Matosinhos, Vítor Oliveira representou Leixões, Paredes, Famalicão, Sporting de Espinho, Sporting de Braga e Portimonense como futebolista, tendo ficado conhecido como o 'rei das subidas', já como treinador, ao festejar 11 promoções em 18 presenças na 2.ª Liga.

À família enlutada, Record apresenta sentidas condolências.

Por Record
88
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.