Relatórios da Sportradar deram início ao 'Jogo Duplo'

Empresa analisa padrões de apostas

• Foto: FPF

Em maio de 2016, o escândalo rebentou na 2.ª Liga: Oriental, Oliveirense e Leixões viram-se envolvidos no caso 'Jogo Duplo', de viciação de resultados. Tudo começou a partir de relatórios da Sportradar, tal como explicou Rute Soares, gestora jurídica da FPF, à margem da sessão de esclarecimento sobre 'match-fixing' promovida pela Federação.

"A UEFA enviou-nos informação proveniente da Sportradar. Eram relatórios específicos de jogos que consideraram que havia envolvência por trás. Foi com base nisso que tudo começou", comentou, antes de reforçar a vontade de mudar a lei em Portugal depois de a Federação já ter apresentado uma proposta no Parlamento. "O objetivo é considerar a corrupção desportiva como corrupção como ela existe no código penal. Neste momento, o crime compensa em Portugal. Queremos que haja uma legislação nesta matéria", defendeu, determinada.

Por Pedro Gonçalo Pinto
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Futebol

Quarentena antecipa regressos

Pepê chega amanhã, Otávio e Evanilson também encurtam férias. Precaução para começar a cumprir período de isolamento

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.