Sporting deu 20 por cento de Adrien à Gestifute para renovar com ele em 2012

Acordo mantém-se em vigor

Adrien
Adrien • Foto: Pedro Ferreira

Adrien Silva renovou contrato com o Sporting até 2020. Um processo negocial rápido, bem mais rápido do que o anterior, concluído a 5 de setembro de 2012 - esse, em vigor até 2017 – e que, como revela esta quinta-feira o "Football Leaks", permitiu à Gestifute garantir 20 por cento dos direitos económicos do médio internacional português.

O contrato rubricado por Godinho Lopes previa que a empresa de Jorge Mendes recebesse 20 por cento de qualquer transferência, para Portugal ou para o estrangeiro, de valor igual ou superior a 15 milhões de euros. O acordo previa igualmente que a Gestifute recebesse o mesmo valor (cerca de 3 milhões de euros) mesmo que Adrien saísse por um valor inferior a 15 milhões.

O acordo celebrado a 6 de agosto de 2012 tinha como objetivo acelerar as negociações entre Sporting e Adrien para a renovação do contrato. Caso não o conseguisse, a Gestifute não estaria obrigada a indemnizar o clube em qualquer verba. Apesar da saída nunca se ter concretizado, o acordo mantém-se em vigor, o que significa que, caso o clube transacione o passe do camisola 23, terá sempre de pagar à Gestifute.

Por João Lopes
17
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Football Leaks

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.