Portugal domina Senegal rumo às meias do Mundial de futebol de praia

Triunfo por 4-2

• Foto: EPA

A seleção portuguesa de futebol de praia manteve-se esta quinta-feira na corrida ao seu terceiro título mundial, depois de 2001 e 2015, ao bater o Senegal por 4-2, nos quartos de final, em Assunção, no Paraguai. O conjunto africano entrou a ganhar, mas, mesmo com dificuldades para se 'entender' com o físico dos senegaleses, a formação lusa conseguiu impor a sua qualidade, dar a volta ao resultado e qualificar-se sem dificuldades para as meias-finais.

Ao tento de Mamadou Sylla (três minutos), Portugal respondeu por Jordan Santos (oito), Lansana Diarra (20, na própria baliza), Léo Martins (22) e Bê Martins (22), com Raoul Mendy a reduzir muito 'tarde', a três segundos do final.

Nuns quartos de final já marcados pela eliminação do campeão em título Brasil - vencedor de 14 dos 19 mundiais -, que perdeu por 4-3 com a Rússia, o 'cinco' de Mário Narciso fica agora à espera do vencedor do embate entre Japão e Uruguai.

A formação africana entrou melhor e adiantou-se logo aos três minutos, por intermédio de Mamadou Sylla, com Portugal a mostrar dificuldades para fazer face à maior capacidade física do adversário e a não conseguir impor o seu jogo.

Com o passar dos minutos, Portugal foi melhorando e ameaçou várias vezes o empate, que o guarda-redes Al Seyni Ndiaye adiou até aos oito, altura em que Jordan Santos empatou.

No segundo período, o conjunto de Mário Narciso foi acumulando oportunidades, mas acabou por colocar-se pela primeira vez na frente do marcador num autogolo de Lansana Diassy, que, desajeitado, desviou para a sua baliza um canto de Bê Martins.

O mesmo jogador da seleção lusa voltou a ser protagonista do terceiro tento, agora com uma assistência para o irmão Léo Martins, que atirou para a baliza deserta, na conclusão de um contra-ataque lançado pelo guarda-redes Elinton Andrade.

No terceiro período, o Senegal ainda tentou reentrar na discussão do encontro e assustou algumas vezes, mas Portugal foi controlando o jogo e acabou por apontar o quarto, aos 32 minutos, por Bê Martins, garantindo, em definitivo, as 'meias'.

Raoul Mendy ainda marcou um segundo golo para os senegaleses, mas faltavam escassos três segundos para terminar o encontro e Portugal já 'estava' nas meias-finais.

Jogo no Estádio Los Pynandi, em Assunção, no Paraguai.

Senegal - Portugal, 2-4.

No final do primeiro período: 1-1.

No final do segundo período: 1-3.

Marcadores:

1-0, Mamadou Sylla, 03 minutos.

1-1, Jordan Santos, 08.

1-2, Lansana Diassy, 20 (própria baliza).

1-3, Léo Martins, 22.

1-4, Bê Martins, 32.

2-4, Raoul Mendy, 36.

- Senegal: El Seyni Ndiaye, Ninou Diatta, Raoul Mendy, Mamadou Sylla e Babacar Fall. Jogaram ainda Amadou Ba (gr), Ibra Thioune, Limamou Niang, Hamad Diouf, Lansana Diassy, Mamour Diagne e Jean Charles Bleck.

Selecionador: Oumar Sylla.

- Portugal: Elinton Andrade, Rui Coimbra, Jordan Santos, Bê Martins e Léo Martins. Jogaram ainda Petrony (gr), André Lourenço, Bruno Torres, Rúben Brilhante, Madjer, Von e Belchior.

Selecionador: Mário Narciso.

Árbitro: Gonzalo Carballo Perez (Salvador).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rui Coimbra (01) e Von (33).

PFO // PFO

Lusa/Fim

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol de Praia

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.