Oitavo 'round' decide Supertaça

Sporting e Sp. Braga jogam hoje, em Viseu, com as minhotas em busca de triunfo inédito

• Foto: Paulo Calado
PUB

O Estádio Municipal do Fontelo, em Viseu, é palco hoje (às 17h45) do oitavo embate entre as equipas de futebol feminino do Sporting e do Sp. Braga. O saldo é claramente favorável às leoas, com cinco vitórias e dois empates (9-3 em golos), mas tratando-se de uma prova – a Supertaça – que se decide num só jogo, essa questão é minimizada.

"Uma final é uma final e, se do ponto de vista da estatística a vantagem pende claramente para o lado do Sporting, do ponto de vista real considero que o favoritismo é repartido", afirmou Nuno Cristóvão, treinador da equipa leonina. Já o seu homólogo Miguel Santos acredita que à oitava será de vez. "Sinto que é desta que vamos ganhar! Estou confiante, não em demasia, pois isso seria mau para mim e para a equipa técnica, mas estou claramente confiante que vamos fazer um grande jogo", frisou, acrescentando: "Não vamos a medo para o jogo."

Numa conferência de imprensa diferente, em que foram as próprias jogadoras a colocar as questões aos respetivos técnicos, Nuno Cristóvão alertou para a profunda transformação no plantel das arsenalistas. "É uma equipa nova, o Sp. Braga contratou 12 jogadoras para esta época, oito delas estrangeiras. Se eventualmente as individualidades podem desequilibrar num momento ou noutro, penso que a equipa que for coletivamente mais forte vai acabar por vencer o jogo", sublinhou.

Quanto a Miguel Santos, que prometeu dar dois dias de folga em caso de triunfo, mostrou conhecer bem o adversário. "O Sporting reforçou-se com uma central esquerdina e na linha avançada ganhou uma jogadora mais posicional, a Carolina", referiu.

Por Nuno Miguel Ferreira
Deixe o seu comentário
PUB