Miguel Santos: «Quero ver quem, nos próximos anos, vai fazer sete jogos europeus»

Treinador do Sp. Braga reage à goleada sofrida frente ao PSG

• Foto: Luís Vieira

O Sp. Braga foi goleado em casa pelo PSG por 7-0, em jogo da primeira mão dos 16-avos de final da Liga dos Campeões. Após o jogo, Miguel Santos admitiu que as suas jogadoras não conseguiram explorar os pontos fracos da equipa francesa. Apesar de tudo, o técnico deixou elogios à sua equipa.

"Quando preparamos os jogos, é para ganhar, não esperamos perder, mas já tínhamos dito que o PSG tinha mais pontos fortes do que fracos e não conseguimos explorar esses pontos mais fracos.

Também há mérito do PSG, uma equipa que foi montada para tentar acabar com a hegemonia do Lyon em França e na Liga dos Campeões, tem um plantel vasto e riquíssimo.

Tentámos contrariar isso e estou muito orgulhoso das jogadoras, que foram sérias, deram tudo. Não tenho nada a apontar, o resultado foi pesado demais, não merecíamos, mas é futebol e também serve de aprendizagem, mas não é isso que belisca em nada a nossa campanha europeia.

Quero ver quem, nos próximos anos, vai fazer sete jogos europeus - nós fizemos cinco.

Apesar da derrota por números pesados, o público voltou a estar com a equipa. Fiquei muito sensibilizado com o apoio dos sócios e adeptos, isso dá-nos força e motiva a equipa. Segunda-feira, vamos começar outra competição, a I Liga, que já é a nossa realidade.

(O que fazer na segunda mão, em Paris, para ser mais equilibrada?) Se já estava difícil, agora está extremamente difícil. Quando formos a Paris, vamos com menos carga de jogos, isso pode ser positivo.

Espero que possamos ser melhores na fase de construção e mais perigosos e objetivos no ataque e, eventualmente, fazer golo. Em Paris, volta a estar 0-0, vamos fazer o melhor possível para dignificar o Sporting de Braga e o futebol português", disse o treinador depois do jogo.

Por Lusa
Deixe o seu comentário
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Futebol Feminino

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.