Real Madrid oficializa entrada no futebol feminino e Marta pode ser a primeira estrela

Junta Diretiva aprovou entrada em ação da nova equipa

• Foto: Reuters
O Real Madrid vai tornar-se muito em breve no mais recente clube de topo mundial a criar uma equipa de futebol feminino. A decisão foi anunciada esta terça-feira pelo emblema merengue, depois de a proposta ter recebido luz verde numa reunião extraordinária da Junta Directiva no Santiago Bernabéu, necessitando agora apenas de ser ratificada pelos sócios na próxima Assembleia Geral, a realizar em setembro.

Caso os sócios também aprovem a proposta, os merengues irão começar a competir nas provas oficiais em Espanha na temporada de 2020/21, ocupando a vaga atualmente detido pelo CD Tacón. De acordo com a imprensa espanhola, a aquisição desse lugar na elite terá um custo de 400 mil euros, devendo o orçamento para esta nova equipa rondar os dois milhões de euros anuais.

Uma equipa galática

Equipa com histórico ganhador, o Real Madrid não pretende entrar no futebol feminino apenas para marcar presença e a ideia de Florentino Pérez é atacar o topo da modalidade, primeiro em Espanha (perante os rivais Barcelona e Atlético Madrid) e depois na Europa. Assim, segundo o 'AS', a ideia do presidente merengue passa por construir uma equipa de galáticas, que poderá ter na brasileira Marta a sua principal figura. Para lá desta, em Espanha fala-se também de nomes como Verónica Boquete, Jennifer Hermoso, Ada Hegerberg ou Sam Kerr.
Por Fábio Lima
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

Ultimas de Futebol Feminino

Notícias

Notícias Mais Vistas