Record

António Albino: «Abrir um precedente seria uma fraude»

Presidente espera punição do Santa Clara e até deixa uma ameaça à Liga

• Foto: Pedro Alves

A Comissão de Instrutores da Liga propôs que o Santa Clara fosse apenas multado por não ter na ficha de jogo dois jogadores sub-23 em três jogos da 2ª Liga. Os açorianos têm a subida de divisão em risco e a decisão final será do Conselho de Disciplina da FPF.

À espera está o Ac. Viseu. "A justiça tem de ser feita e de forma célere. Há indícios que o Santa Clara não cumpriu os regulamentos. Os sócios do Ac. Viseu podem estar sossegados, porque as coisas vão resolver-se a nosso favor. A Comissão de Inquéritos da Liga vai ouvir, no dia 5 de junho, o presidente do U. Madeira e, provavelmente, os da Académica e do Santa Clara. A decisão final será sempre do presidente do CD da FPF, o José Manuel Meirim", esclareceu, a Record, o presidente António Albino.

Os viseenses prometem ir até às últimas instâncias para que a verdade desportiva seja reposta: "Os nossos advogados já estão a trabalhar junto da FPF, eu próprio tenho falado com o Pedro Proença. O processo vai durar entre duas semanas e um mês. Os regulamentos são bem claros! Avisei o Pedro Proença do risco que seria abrir-se um precedente neste caso, porque, se abrirem, eu na próxima época também vou utilizar um jogador de 27 anos em vez de um de 20. Seria uma fraude à lei. Ele remete sempre a decisão para o Meirim..."

O planeamento de 2018/19 há muito que foi afetado: "Temos a espinha dorsal da época passada, mas, no fundo, está tudo parado. O contrato com a Sport TV terminou e para o renovar é fundamental saber se vamos competir na 1ª ou na 2ª Liga."

Por Ricardo Vasconcelos
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de AC Viseu

Notícias

Notícias Mais Vistas

M