André Vidigal tem magia nos pés e sonhos por concretizar

Jovem extremo tem estado em destaque

• Foto: AAC/OAF

O sobrenome não engana. André Vidigal, sobrinho de Lito Vidigal e de Luís Vidigal, tem o peso de uma herança onde a bola está num lugar de destaque. O extremo, de apenas 17 anos, foi promovido esta época ao plantel principal da Académica e prepara-se para cumprir um sonho: continuar a jogar na Briosa.

"É o concretizar de um sonho. Vestir esta camisola, de uma grande instituição, é um enorme orgulho para mim. Agora quero continuar a trabalhar para mostrar ao técnico Costinha o meu valor", atirou o internacional sub-18 português, um dos jogadores em claro destaque nesta pré-época dos estudantes.

Com propostas do Benfica e do Mónaco, causou alguma surpresa a vontade do jogador em permanecer em Coimbra. Vidigal explica: "Assinei pela Académica porque já conheço este clube e porque a direção confiou muito em mim. Quero ser feliz aqui e corresponder às expetativas que existem", sublinhou, elogiando, de seguida, o novo treinador dos capas negras.

"Lembro-me de Costinha na Seleção e no FC Porto. Sei que ele se identifica com esta casa e dedica-se muito ao que faz. Para além disso, consegue transmitir-nos o que temos de fazer para chegar, tal como ele chegou, ao topo", defendeu.

Fã incondicional de Neymar, André conta também com os ensinamentos dos… "Vidigais". E não é só Lito e Luís quem tentam moldar o jovem craque. "Na minha família há cinco pessoas que foram jogadores profissionais e que, por isso, todos os dias me dão indicações que eu respeito", atirou o extremo da Briosa, lembrando também os percursos dos tios Jorge e Toni, assim como do pai Beto Vidigal.

Indefinição em torno de Pedro Nuno

O futuro de Pedro Nuno continua em aberto. Depois de ter sido associado ao Sporting, o talentoso médio ofensivo, de apenas 21 anos, foi dispensado pela Briosa do treino do passado sábado, supostamente para tratar de "assuntos particulares", mas tudo indicava que este episódio podia também querer dizer o adeus do médio a Coimbra. Só que, ao que Record apurou, o jogador vai esta segunda-feira voltar a treinar-se juntamente com os restantes colegas, prova de que o futuro de Pedro Nuno continua carregado de interrogações.

Sublinhe-se, a propósito, que uma eventual venda do passe de Pedro Nuno é bem vista pela direção dos estudantes, que podia, desta forma, aliviar as dificuldades de tesouraria que neste momento existem.

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.