Briosa esclarece posição: «É totalmente falso que tenhamos assinado ou subscrito comunicado»

Estudantes não concordam com o final antecipado da 2.ª Liga

Pedro Roxo, presidente da Académica
Pedro Roxo, presidente da Académica

O tema dominou as conversas entre os adeptos da Académica nas últimas horas. A Briosa assinou ou não o comunicado conjunto com vários outros clubes, onde se agradecia à FPF, no nome do presidente Fernando Gomes, por tudo o que fez em prol dos clubes da 2.ª Liga, depois de conhecida a decisão de não acabar a prova? A resposta foi feita no final da tarde deste sábado, através de um comunicado, que diz, em resumo, que os estudantes não concordam com o final antecipado da competição, mas que apreciaram a reação solidária da FPF e dos clubes da 1.ª Liga neste processo.

Leia na íntegra o comunicado da Académica:

"Ao longo das últimas semanas contribuímos com todos os clubes das ligas profissionais para tentar arranjar uma solução que permitisse a conclusão da 1ª e 2ª Ligas.

Fomos surpreendidos pela decisão anunciada pelo Senhor Primeiro Ministro, com a qual não concordamos. A Académica tem todas as condições, humanas e físicas, para assegurar o cumprimento das normas da DGS no que à realização de jogos diz respeito. Não há, em termos de infra-estruturas, uma diferença significativa entre a Académica e qualquer clube português, que justifiquem a decisão. Nós, felizmente, temos, no que ao estádio e academia diz respeito, do melhor que há em Portugal.

Esta decisão tem repercussões económicas e desportivas, ambas nefastas para os clubes da 2ª Liga. Após esta (injusta) decisão não podemos deixar de manifestar o nosso apreço pela reacção solidária da FPF e dos clubes da 1ª Liga pelo apoio demonstrado, mas tal não significa que concordemos com a decisão tomada.

Sentimos que os clubes da 2ª Liga foram marginalizados e as consequências desta decisão são irreparáveis: direitos de televisão, transferências e até a vertente desportiva. A decisão anunciada retirou-nos legítimas expectativas e prejudica-nos gravemente.

Prejudica a Académica, os seus associados e adeptos, os seus parceiros e patrocinadores e também os seus jogadores e trabalhadores. Todos eles sairão lesados com a não continuação da competição.

Esta posição foi já manifestada a alguns órgãos de comunicação social. É totalmente falso que tenhamos assinado ou subscrito qualquer comunicado.
A Académica há muito que conquistou o respeito de todos e exige continuar a ser respeitada".

Por Ricardo Chambel
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0