Costinha: «Académica será um clube temível»

Treinador deixou elogios à direção e pediu aos adeptos que não desistam

• Foto: Bruno Teixeira Pires

Depois das críticas… os elogios. As condições do relvado do campo onde a Académica treinou no passado domingo, antes da derrota com o V. Guimarães B (1-2), levou a que Costinha dissesse, em conferência de imprensa, que já tinha jogado "em equipas mais modestas em termos de grandeza" e que "nunca tinha visto os funcionários a não estarem presentes no dia do treino", considerando que estas "são situações que se arrastam há muito tempo e que não são saudáveis". Agora, o técnico academista vem explicar que nada tem contra a Direção.

"Esta instituição tem uma direção, que apanhou o clube numa situação financeira muito má. Tem feito o possível e o impossível para dotar a sua equipa técnica e o clube de melhores condições. Mas há um denominador comum que é o dinheiro. Não tenho uma única dúvida, critica ou palavra negativa a apontar a esta direção, porque sempre me tratou de forma correta. Não existe mal-entendido ou mal-estar entre equipa técnica e direção. Aliás a minha admiração por esta administração é muito grande, por ver o esforço que eles fazem diariamente para encontrar uma solução que deixe a Académica numa posição mais confortável e que faça jus ao grande nome que esta instituição tem", frisou o técnico, num vídeo publicado pelo clube.

Na mesma mensagem, Costinha pediu para que os adeptos se unam em torno do clube, especialmente em momentos de dificuldade. "As minha palavras vêm no sentido de alertar para o facto de uma instituição que é a mais antiga do país e com uma história muito grande e muito bonita, precisa de estar preparada para todos as dificuldades que possam surgir no seu caminho", lembrando, depois, o jogo com o V. Guimarães B.

"A Académica acaba por perder de uma forma que eu considero desastrosa e de muito má vontade e são estas situações que devem fazer com que toda a comunidade academista e a própria cidade se unam em torno do clube, e que ajudem a direção, que ajudem a equipa técnica, que ajudem os jogadores. Independentemente das pessoas que aqui estão, a Académica terá que estar sempre acima de tudo e de todos. A Académica precisa dos seus sócios, dos seus adeptos e da sua cidade", disse.

No final, Costinha deixou também uma mensagem de esperança. "Não desistam porque nós também não vamos desistir".

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0