Intervalo tem sido mau conselheiro

Equipa tem quebrado muito nas segundas partes dos últimos jogos

• Foto: Paulo Calado

Os últimos cinco jogos, nos quais a Académica somou apenas quatro pontos, terão deitado por terra o sonho dos jogadores, responsáveis e adeptos da Briosa, que ainda acreditavam que era possível discutir a subida de divisão até às últimas jornadas. Neste período, um facto salta à vista: o fraco rendimento da equipa após os intervalos.

Na verdade, foi nesse período que o sonho desmoronou. Exceção feita ao jogo realizado em Vizela – vitória por 1-0, com um golo de João Traquina já na parte final do encontro -, em todos os outros quatro encontros a exibição dos estudantes foi bem melhor na primeira metade do que após o intervalo. Aliás, em nenhum destes casos a equipa foi para o balneário a perder, mas... não ganhou qualquer deles, permitindo, inclusive, uma reviravolta no desafio com o Ac. Viseu, desfecho que levantou muitas críticas por parte dos adeptos.

Esta realidade tem razões objetivas. Desde logo, a questão física. Alguns jogadores considerados fundamentais na dinâmica da equipa não estão nas melhores condições – o extremo Ernest, por exemplo, tem atuado de forma limitada, motivo pelo qual tem começado os jogos no banco de suplentes. Além disso, as várias saídas de jogadores a meio da temporada – Pedro Nuno, Fernando Alexandre e Tozé Marreco – deixaram Costinha com as opções limitadas.

Assim, e com a subida praticamente afastada, a Académica tenta, nesta reta final de época, dar uma imagem mais condizente com a grandeza do clube.

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Às portas da elite

Afonso Peixoto, Rafinha, Leandro Ferreira e Xavi fizeram toda a pré-época integrados na equipa A

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.