João Simões: «Qualquer jogador gosta de renovar pelo clube que ama»

Cláusula de 2 milhões não assusta jovem lateral direito

• Foto: Bruno Teixeira Pires

João Simões vive, por esta altura, um sonho. O jovem, de 19 anos, fez boa parte da formação na Académica, chegando mesmo a ser o "apanha bolas" nos jogos dos seus ídolos. Agora, poucos anos depois, é ele quem pisa o campo onde muitas vezes sonhou jogar.

"Na altura pensava que um dia gostava de estar daquele lado, a jogar e a ter a oportunidade que agora estou a ter. Era um sonho que felizmente se realizou", frisou, à margem de uma visita que fez esta terça-feira, juntamente com Yuri e Diogo Ribeiro, à Escola Quinta das Flores, em Coimbra.

Agora, e com os pés bem assentes na terra, João Simões parece ter bem claro o percurso que o fez cumprir o objetivo de chegar à equipa principal. "Se queremos ser jogadores e chegar ao mais alto nível, temos de estar preparados. A Académica está a apostar nos jovens, a estrutura e a equipa técnica dão confiança a todos os jovens e, por isso, temos de estar preparados para sermos chamados a qualquer momento. Para mim é um sonho chegar à equipa principal da minha cidade e do clube que gosto", defendeu.

A qualidade que mostrou nos jogos que fez esta temporada levou-o a renovar contrato com os capas negras até 2020, num contrato que envolve uma cláusula de rescisão de… dois milhões. Nada que pareça assustar o jovem jogador. "É um motivo de orgulho. Fico muito feliz por saber que a Académica confia e acredita em mim não só para agora, mas para o futuro. Qualquer jogador gostava de renovar pelo clube que ama. Cláusula de 2 milhões? Espero um dia valê-los e que a Académica os ganhe", atirou, elogiando, de seguida, o técnico Costinha. "Ele dá-me muita confiança e trata-me como se fosse um dos outros. Ensina-me mais a mim, porque também tenho mais para aprender", reconheceu o jogador, que para além da Briosa já vestiu também a camisola do Sporting.

"Deixar tudo em campo"

Esta quinta-feira há jogo com o Aves. João Simões rejeita a ideia de que este é um jogo especial, por ser contra uma equipa que está em lugar de subida de divisão, garantindo que o objetivo da Académica é sempre um: ganhar. "Entramos sempre para ganhar e vamos fazer tudo para que os três pontos fiquem em Coimbra. Este é o nosso pensamento, contra o último ou contra o primeiro. É sempre para ganhar e para deixar tudo em campo", sublinhou.

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.