Joaquim Reis e Pedro Roxo oficializam candidaturas

Entrega de listas separadas por poucos minutos

Joaquim Reis e Pedro Roxo são, oficialmente, candidatos à presidência da Académica. A entrega das listas aconteceu no final da tarde desta sexta-feira, na secretaria do Estádio Cidade de Coimbra, local onde os elementos das duas candidaturas ainda se cruzaram, uma vez que a entrega da documentação aconteceu separada por pouco mais de 5 minutos.

O primeiro a chegar foi Joaquim Reis. O médico dentista, de 46 anos, chegou acompanhado por António Preto (candidato à Mesa da Assembleia-Geral) e Joaquim Freire (candidato ao Conselho Fiscal), assim como por outros elementos que com ele concorrem à Direção, como Salvador Arnaut, Ricardo Lopes, João Nuno Silva e António José Figueiredo. À saída, mostrou-se confiante. "O título da nossa lista é ‘Por uma Académica Soberana’, porque queremos garantir que os sócios têm uma alternativa que faça com que mantenham o controlo sobre o que se passa no clube. Uma lista de pessoas que não veem com bons olhos a perspetiva de perdermos a nossa independência e corrermos o risco de perder a nossa soberania e identidade, num clube que é único a nível nacional e, diria, internacional. Não estamos apenas a discutir as pessoas, mas sim dois projetos completamente diferentes", defendeu, afirmando, também, que "é possível lutar pela subida de divisão mantendo a SDUQ".

Pouco depois chegou Pedro Roxo, acompanhado por vários elementos que o acompanham na corrida à Direção da Briosa. Para além dos que transitam da atual Direção, a nova lista integra nomes como Maria João Campos, Fernando Pompeu, Cláudio Coelho e João Francisco Campos. Maló de Abreu é o nome forte da Mesa da Assembleia-Geral, mantendo-se Alcídio Ferreira no Conselho Fiscal. Pedro Roxo espera um ato eleitoral marcado pela elevação. "Esperamos que decorra dentro dos valores da Académica e que seja concorrido. É um momento muito importante. É bom que apareçam duas listas, há três anos atrás apenas alguns tiveram coragem de se lançar, naquele que foi, talvez, o momento mais delicado, a nível financeiro, da história da Académica. Que se veja quem é solução e quem não é solução", defendeu.

Por Ricardo Chambel
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas