José Eduardo Simões defende liguilha a quatro

Com o objetivo de integrar o Gil Vicente na Liga NOS

• Foto: Luís Manuel Neves

O presidente demissionário da Académica, José Eduardo Simões, defendeu esta quarta-feira uma liguilha a quatro para integrar o Gil Vicente na Liga NOS , mantendo a competição disputada por 20 clubes nas próximas duas épocas.

A Académica foi despromovida à 2.ª Liga, ao terminar no 18.º e último lugar da edição de 2015/16 do escalão principal.

José Eduardo Simões abordou esta possibilidade à entrada para a Assembleia Geral (AG) extraordinária da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), na qual vão ser discutidos os efeitos da decisão do Tribunal Administrativo de Lisboa, que anulou a despromoção dos minhotos há 10 anos, na sequência do Caso Mateus.

"Que os dois últimos da Liga joguem com o terceiro e o quarto da 2.ª Liga, isto é, que União da Madeira, Académica, Freamunde e Portimonense disputem uma liguilha numa semana", referiu José Eduardo Simões.

A proposta do presidente demissionário da Briosa deverá ser apreciada na próxima quarta-feira, para quando está marcada nova AG extraordinária da LPFP.

"As meias-finais seriam em duas mãos e a final em campo neutro e em seis dias ficavam definidas as 20 equipas na Liga", acrescentou o dirigente.

Simões considerou que esta decisão "chegou com 10 anos de atraso, tal como a que promoveu o Boavista chegou com oito anos de atraso", assumindo inequivocamente que "a Liga vai ter que ser alargada para 20 clubes".

"Jurídica, regulamentar e eticamente não era possível com 19 clubes. Eticamente, porque, por exemplo, a última jornada tem de ser disputada entre todos e conforme o que estiver em jogo", esclareceu.

Segundo José Eduardo Simões, "em nome de uma certa estabilidade competitiva, devia manter-se as duas Ligas com 20 clubes nas próximas duas épocas".

Na terça-feira, a LPFP admitiu ser inevitável alargar a Liga para reintegrar o Gil Vicente, na sequência da decisão judicial sobre o Caso Mateus.

Os clubes profissionais reúnem esta quarta-feira em AG extraordinária, para apreciação, discussão e votação de propostas de alteração aos regulamentos de arbitragem e disciplinar das competições organizadas pelo organismo.

26
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.