Paulo Almeida reserva explicações para os sócios

Rejeita debate público com o seu antecessor sobre alegado cheque

• Foto: Amândia Queirós

O presidente da Académica Paulo Almeida reagiu ao pedido de José Eduardo Simões, ex-líder dos estudantes, que solicitou ao atual presidente que apresentasse provas sobre um alegado "cheque de cerca de 100 mil euros" passado por Simões a ele próprio, tal como Paulo Almeida afirmou em entrevista a dois jornais da região de Coimbra.

Ao Record, Paulo Almeida reservou para "os sócios, em momento de Assembleia-Geral" uma explicação sobre todo este processo, não querendo, para já, um debate público com o seu antecessor sobre este assunto.

Recorde-se que José Eduardo Simões concedeu um prazo de 24 horas a Paulo Almeida, exigindo, caso assim não fosse, um pedido de desculpas por parte do atual presidente.

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas