Rui Borges: «Acabámos por não ser felizes no golo»

Treinador dos estudantes lamentou o golo sofrido numa fase em que considera que a briosa estava “por cima”.

• Foto: Bruno Teixeira Pires

Após perder o segundo lugar para o Feirense, Rui Borges diz ter visto uma má primeira parte e uma segunda onde o clube não foi feliz, apesar da "superioridade" por si analisada: "Uma primeira parte fraca de parte a parte. Jogo equilibrado, combativo, muito duelo. Na segunda parte claramente fomos superiores. Mas acabámos por não ser felizes no golo: falhamos o penalti, o adversário aproveitou um lance igual e acabou por ser feliz nesse momento. Era uma fase do jogo em que estávamos bem, por cima. Lá está, quem não marca sofre e foi o que aconteceu. Na segunda parte demos uma imagem diferente da primeira, claramente aquilo que nós somos, que desejamos e queremos. Por tudo o que foi a segunda parte não merecíamos este resultado.

O técnico disse ainda que preparou este jogo como qualquer outro: "Olhámos para o jogo como um jogo normal, independentemente de ser o Feirense. Olhámos para ele com as características que tem o adversário e não por ele ser terceiro, segundo ou primeiro. Olhámos porque é o próximo jogo e queremos vencer seja com que adversário for. Respeitando-o, com humildade e sempre fiéis aquilo que somos como equipa. Mas nem sempre conseguimos fazer os jogos como desejámos. Foi um jogo, perdemos três pontos. Faltam 13 jogos pela frente, estamos na luta".

1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.