Solução de continuidade em cima da mesa

Pedro Roxo é a alternativa à demissão de Paulo Almeida

Pedro Roxo (à esquerda, na fila de baixo) pode suceder a Paulo Almeida
• Foto: Bruno Teixeira Pires

A demissão de Paulo Almeida caiu que nem uma bomba no seio academista. Após ter sido eleito presidente da Briosa há pouco mais de 10 meses, o anúncio da demissão apanhou todos de surpresa, incluindo os próprios vice-presidentes, que só na véspera, logo a seguir a uma Assembleia-Geral com muitas críticas à atuação da Direção, foram confrontados com esta decisão.

Perante a formalização do pedido de demissão, dois cenários estão agora em cima da mesa: eleições antecipadas ou a ‘promoção' de um dos vice-presidentes ao lugar de presidente. Com este cenário, e segundo Record apurou, têm sido vários os sócios que têm transmitido mensagens de confiança aos elementos da Direção que se mantém em funções, algo que aumenta, de forma significativa, a possibilidade de Pedro Roxo, até agora vice-presidente para o futebol dos estudantes, passar a ser o próximo Presidente da Académica.

Vasco Ribeiro confia numa solução

João Vasco Ribeiro, presidente da Mesa da Assembleia-Geral, recordou todo o processo que culminou com o pedido de demissão de Paulo Almeida, afirmando ainda não ter dúvidas sobre o caminho que agora tem de ser percorrido. "Às 12h30, Paulo Almeida pediu-me uma reunião com caráter de urgência, na qual me comunicou a intenção de se demitir, algo que formalizou pouco depois. Perante tal facto, falei com cada um dos restantes elementos, e não havendo mais demissões continuam em funções. Convoquei para a próxima segunda-feira uma reunião com a restante Direção, para que se proceda à substituição. Entre eles haverá quem assuma a presidência", frisou, mostrando-se convicto de que não haverá lugar a eleições antecipadas.

"Se tal acontecesse, teriam de decorrer em junho ou julho, o que colocaria em causa a próxima época. Antes disso não dava tempo para os sócios se juntarem e criarem listas", afirmou João Vasco Ribeiro. Em relação aos motivos invocados por Paulo Almeida, apenas disse que "se foram do foro pessoal não são negociáveis".

Por Ricardo Chambel
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Académica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0