Bracali firme há 4 jogos e até já defende penáltis

O brasileiro é um dos indiscutíveis no onze

• Foto: Simão Freitas

Há um par de semanas muito se escreveu sobre o registo ofensivo do Arouca, que marcou golos durante 13 jornadas consecutivas. Pois bem, desta vez é o rendimento defensivo a estar em alta, com a equipa a somar 4 jornadas sem qualquer golo sofrido. É, de resto, o clube da Liga NOS em melhor forma neste capítulo, pois resiste às investidas adversárias há 436 minutos. Aboubakar, do FC Porto, foi o último a superar o guarda-redes Rafael Bracali, e mesmo assim o Arouca saiu vencedor dessa partida, no Estádio do Dragão, por 2-1.

Mas para este pecúlio ser possível, muito tem contribuído o guardião brasileiro, de 34 anos. Aos sinais de eficácia em lances corridos, somou agora dois outros feitos, ao defender grandes penalidades tanto no desafio com o Sp. Braga como na mais recente partida, em Tondela. Duas intervenções que permitiram à equipa segurar o 0-0 frente aos minhotos e alcançar o triunfo no recinto dos beirões. Bracali está a tornar-se especialista em travar pontapés da marca de grande penalidade, depois de ter sofrido três golos desta forma durante a temporada.

O brasileiro é, por isso, um dos indiscutíveis no onze de Lito Vidigal e até ao final da temporada terá a missão de ajudar a manter o estatuto de 5ª melhor defesa da Liga NOS, apenas atrás dos quatro primeiros classificados.

Autoestrada europeia

O lugar europeu ocupado pelo Arouca fez o próprio treinador desejar "melhores acessos" para a vila. Ora, uma nova estrada está candidata a fundos comunitários, no âmbito do desenvolvimento industrial concelhio. Record questionou o edil Artur Neves sobre o assunto: "É mais fácil o Arouca ir à Europa do que ser feita a estrada, mas gostava que ambas se realizassem".

Por Cláudia Oliveira
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.