Desgaste europeu faz mesmo mossa

A turma de Lito ainda não (con)venceu após Atenas e soma quatro pontos no campeonato

• Foto: Fernando Ferreira

O Arouca parece estar a pagar a fatura da presença nas eliminatórias europeias, ao somar quatro pontos nas primeiras seis jornadas do campeonato, menos cinco em relação à campanha transata. Esta é uma questão que se coloca ano após ano, quando os clubes de pequena ou média dimensão atingem este patamar e depois sofrem com o desgaste decorrente dessa carga anormal no início da época.

O caso do Arouca era ainda mais sensível, tendo em conta que vivia a primeira aventura internacional da sua história, com muitos jogadores inexperientes a este nível. A equipa de Lito Vidigal caiu no playoff da Liga Europa, aos pés do Olympiacos, fez uma bela exibição em Atenas, contudo sucumbiu fisicamente no prolongamento e esses efeitos ainda se fazem sentir – afinal de contas, entre 28 de julho e 28 de agosto, inclusive, o Arouca disputou sete jogos oficiais! Este ritmo provocou mossa e, desde a eliminação europeia, o Arouca ainda não venceu: somou três derrotas e empatou em Belém (1-1), depois de ter estado a perder. Lito Vidigal ainda não repetiu um onze esta temporada e o próprio assumiu em recente entrevista ao nosso jornal que o plantel está mais fragilizado este ano.

Face a este panorama, Record contactou José Soares, professor de Fisiologia do Exercício na Universidade do Porto. "Sinceramente, não consigo encontrar uma explicação sofisticada para isto. Mas se calhar é mesmo o desgaste. Eu é que não vejo isto noutras modalidades. Ainda as coisas não aqueceram e já se fala em fadiga e rotatividade. É um exagero. Os jogadores têm de começar a treinar-se mais para suportarem estas cargas", afirmou.

Por André Gonçalves
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Arouca

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.